ESCOLA SEVERIM DE FARIA (Évora) PEDE SUSPENSÃO DA AVALIAÇÃO

Os professores da Escola Secundária de Severim de Faria, em Évora entregaram, em 29/10/2008, ao Conselho Pedagógico da escola, uma moção, assinada pela esmagadora maioria dos docentes (70 assinaturas em cerca de 90 professores) pedindo a suspensão deste modelo de avaliação, que consideram desadequado e criador de enormes injustiças.
Os professores exigem um modelo de avaliação mais adequado à verdade do seu trabalho e, principalmente, que os deixem fazer aquilo para que têm formação e gostam de fazer: ensinar os seus alunos.



Comentários