sexta-feira, 15 de junho de 2018

Tribunal decide a favor do Governo sobre concurso de mobilidade dos professores


O Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa decidiu "julgar totalmente improcedentes as pretensões" dos quase 200 professores que contestaram judicialmente os resultados do concurso de mobilidade interna de Agosto passado, segundo a sentença a que a agência Lusa teve acesso.

No ano passado, o Ministério da Educação abriu um concurso de mobilidade interna (destinado aos professores dos quadros que querem mudar de escola), que levou a forte contestação por parte dos docentes por terem sido disponibilizadas apenas vagas para horários completos.

Quando foram disponibilizados os horários incompletos, muitos professores queixaram-se de terem sido ultrapassados por colegas menos graduados.

A contestação chegou a tribunal, com centenas de acções a serem agregadas numa acção de massas que o Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa considerou improcedente, decidindo a favor dos argumentos do Ministério da Educação (ME).

Em declarações à Lusa, a secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, sublinhou a concordância do tribunal com um dos principais argumentos que o ME tem utilizado, inclusivamente no pedido de fiscalização sucessiva ao Tribunal Constitucional, ainda por decidir, e que vai no sentido da defesa de que pagar um salário completo por um horário incompleto representa uma violação do princípio da igualdade.

A governante referiu, no entanto, que a decisão não põe em causa a repetição do concurso de mobilidade interna este ano, tal como foi decidido pelo parlamento no início de Abril, estando o Governo a dar cumprimento à lei resultante dessa decisão da Assembleia da República.


quinta-feira, 14 de junho de 2018

Procura-se professor (a) de Estatística para Almada

A Sala K, centro de explicações em Almada, procura Professores para preparação de exames de ensino superior da cadeira supra-mencionada. 

Requisitos: 
-Licenciatura adequada à função; 
- Experiência; 


Enviar cv para:

Professor 3º ciclo - Matemática - substituição licença de maternidade

Centro de apoio escolar em Queluz precisa de professor(a) da área da matemática/ ciências e físico química para apoio ao estudo a começar em setembro de 2018. 
Os interessados deverão enviar o seu currículo para:

Precisa-se de formador/a de Inglês - formação Financiada

O Planeta Informático é uma entidade formadora certificada pela DGERT, que desde 1998 desenvolve a sua atividade exclusivamente no mercado da formação profissional, com incidência a nível nacional. 

Para o desenvolvimento de ações de formação financiada que pretendemos iniciar estamos nesta fase a proceder ao recrutamento e seleção de formadores(as) externos(as) a contratar em regime de prestação de serviços para formação na área das Línguas Estrangeiras. 

Pretendemos um(a) formador(a) para a(s) área(s): 
- Língua Inglesa. 

O/a(s) formador/a(s) a contratar deverão corresponder ao seguinte perfil: 
- Experiência na área 
- Formação base na área (preferencialmente) 
- CCP válido 
- Disponibilidade em horário Laboral e Pós-laboral 


Se julga reunir as condições indicadas e está interessado em colaborar no desenvolvimento deste projeto poderá candidatar-se através do seguinte email


Candidaturas que não respeitem o perfil enunciado e/ou não possuam dados de inscrição completos, não serão consideradas.    

Educadora/Animadora - Estágio Profissional (remunerado) - São Domingos de Rana (Cascais)

Os candidatos a esta oferta deverão corresponder ao seguinte perfil: 
- Mestrado na área da Educação 
- Experiência pedagógica (crianças com idades entre 4 e 10 anos) 
- Valorizamos experiência em AEC's / AAAF's / CAF 
- Pessoa empática, com boas competências de relacionamento interpessoal 
- Entusiasmo pelo trabalho com crianças 
- Gosto e capacidade para trabalhar em equipa 
- Ética de trabalho (responsabilidade, integridade, comprometimento, humildade e empenho) 
- Dinâmica e criativa 
- Domínio de diferentes técnicas artísticas e expressivas 
- Capacidade de organização 

Condições/Oferta: 
Integração numa equipa e Instituição com um projeto educativo de referência. 
Acompanhamento e formação em contexto de trabalho 
Entrada imediata 
Tipo de Contrato: Estágio profissional 9 meses (remunerado - bolsa nível 7) 
Horário: entre as 10h00-19h00 (7h/dia) 
Dias de descanso semanal: sábado e domingo 
Local de trabalho: São Domingos de Rana (concelho de Cascais). 
Refeição fornecida pela Instituição. 

Os interessados nesta oferta deverão enviar o seu Curriculum Vitae para o seguinte endereço de email:


com a ref.ª Educadora/Animadora - Estágio Profissional. 

Apenas serão contactados os candidatos que reúnam os requisitos mínimos exigidos. 

Estágio Professor de Francês

L’école de langues FAUST, à Quarteira, cherche un/e enseignant/e de langue Française.
Le profil du/de la candidat/e est:
- Avoir un certificat d’habilitations de niveau académique
- Avoir une profonde connaissance de la langue française
- Être éligible pour un stage professionnel au Portugal (IEFP), avec la duration de 9 mois
L’école FAUST offre:
- L’intégration postérieure aux cadres de l’entreprise
- Formation continue
- Un excellent environnement de travail
Veuillez envoyer votre curriculum vitae à

    info@faust.pt

Professores de Matemática / Centro de Estudos - Espinho

Centro de Estudos - Lição 23, em Espinho recruta professores de Matemática, para o próximo ano lectivo, em regime de prestação de serviços para explicações individuais e/ou em pequenos grupos, a alunos de 2.° Ciclo, 3.º Ciclo e Secundário. Disponibilidade para todas as tardes e Sábados. Os interessados deverão enviar o curriculum e certificado de habilitações, onde mencione a nota de final de curso e experiência profissional para o seguinte e-mail: 

Formadores/as - Excel e Word

Descrição da empresa:

A NCA é uma empresa que atua na área da consultoria e formação e pretende recrutar formador/a para dinamizar a UFCD de Aplicações informáticas na óptica do utilizador (25 horas) na zona de Lisboa a iniciar durante o mês de Junho/Julho. 

Pretende-se: 
- Experiência formativa 
- Disponibilidade em horário laboral e pós-laboral 


Se pretender integrar a nossa equipa, envie-nos o seu CV e CCP com a referência UFCD_AI, para o e-mail: 


Precisa-se de formador/a Inglês

O Planeta Informático é uma entidade formadora certificada pela DGERT, que desde 1998 desenvolve a sua atividade exclusivamente no mercado da formação profissional, com incidência a nível nacional. 

Para o desenvolvimento de ações de formação financiada que pretendemos iniciar estamos nesta fase a proceder ao recrutamento e seleção de formadores(as) externos(as) a contratar em regime de prestação de serviços para formação na área das Línguas Estrangeiras. 

Pretendemos um(a) formador(a) para a(s) área(s): 
- Língua Inglesa. 


O/a(s) formador/a(s) a contratar deverão corresponder ao seguinte perfil: 
- Experiência na área 
- Formação base na área (preferencialmente) 
- CCP válido 
- Disponibilidade em horário Pós-laboral 


Se julga reunir as condições indicadas e está interessado em colaborar no desenvolvimento deste projeto poderá candidatar-se através do seguinte email


Candidaturas que não respeitem o perfil enunciado e/ou não possuam dados de inscrição completos, não serão consideradas.  

terça-feira, 12 de junho de 2018

Parlamento francês proibe telemóveis nas escolas

Os deputados franceses aprovaram hoje um projeto de lei que proíbe no próximo ano letivo telemóveis e outros aparelhos conectados nas escolas públicas, incluindo universidades, com exceção dos usados para fins educacionais ou para portadores de deficiência.

O projeto foi hoje votado e vem no seguimento de uma promessa de campanha do Presidente francês, Emmanuel Macron, devendo ser apresentado em breve ao Senado. 

Na defesa do projeto esteve o ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer, que o considerou uma “lei do século XXI, uma lei de entrada na revolução digital”, enquanto a oposição considerou que a iniciativa não passa de cosmética. 

“Estar aberto às tecnologias do futuro não significa que tenhamos de as aceitar para todos os fins”, afirmou o ministro, falando dos “maus usos” como o assédio cibernético, a consulta de páginas pornográficas ou a dependência dessas tecnologias.

A lei agora aprovada não fixa multas nem a forma como se aplicará a proibição. Mas tendo em conta que não é permitido revistar as mochilas dos alunos estes poderão sempre usar os telemóveis nas salas, desligados ou não, segundo alertas da imprensa francesa sobre a matéria.

Em França, o Código de Educação proíbe desde 2010 o uso de “laptops” em qualquer atividade de ensino e em locais previstos por regras internas mas o ministro defendeu a necessidade de uma base legal “mais forte”. 

A lei alarga a proibição a todos os objetos conectados e a locais ao ar livre, como aqueles onde os jovens fazem desporto.
As escolas terão de decidir depois os termos da proibição, como os lugares e as condições. 

A oposição criticou o texto, que considerou de pura propaganda e cosmética, que não deu qualquer ferramenta aos diretores das escolas, e que a lei até já existe e que o problema é a sua aplicação.

No texto do projeto considera-se que o uso dos telemóveis “provoca várias disfunções incompatíveis com a melhoria do clima escolar” e que a sua proibição permitirá garantir um ambiente que favoreça a concentração. 

Mesmo no recreio, acrescenta-se, o uso do telemóvel “pode ser prejudicial por reduzir a atividade física e limitar as relações sociais”. 

Segundo um inquérito feito no ano passado 93% dos jovens franceses entre os 12 e os 17 anos tinham telemóvel, contra 72% em 2005.

https://www.educare.pt/noticias/noticia/ver/?id=136189&langid=1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos