sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Professores reúnem-se com centros de emprego e definem estratégia para pedidos de subsídios


A Associação Nacional dos Professores Contratados (ANPC) esteve reunida com responsáveis dos centros de emprego, por serem esperadas enchentes, no início de Setembro, logo após a publicação das listas dos professores colocados e dos não colocados.
A ANPC recorda que no dia 31 de Agosto serão conhecidas as listas dos docentes contratados para o próximo ano lectivo.

"Face ao previsível acréscimo exponencial de afluência de docentes no próximo dia dois de Setembro, considerando a espectável ausência de colocações de professores no dia trinta e um de Agosto", a associação esteve reunida com responsáveis dos centros de emprego, para "minimizar o impacto negativo dos tempos de espera para atendimento".

A ANVPC sublinha algumas regras básicas, como ter de ser o docente interessado a ir ao centro de emprego para requerer o subsídio de desemprego, e de o pedido ter de ser feito no centro de emprego do concelho onde reside.

"Levar o modelo 5044 (original, não cópia nem impressão) devidamente preenchido (carimbado e assinado, sem rasuras, com data de fim de contrato e assinalado um só motivo para despedimento), ou comprovativo do envio pela internet (retirado pela entidade empregadora)" são outras das regras definidas, que a ANVPC destaca no comunicado hoje divulgado.

A associação explica ainda que o docente tem de levar bilhete de identidade, cartão de contribuinte ou cartão de cidadão ou autorização de residência, e que todos estes documentos têm de estar válidos.

Além disso, os docentes têm de ter "disponibilidade e capacidade para o trabalho (não se encontrar de licença de maternidade ou paternidade), nem incapaz por motivo de doença - excepto se a incapacidade por doença iniciada após o desemprego".

Lusa/SOL

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos