domingo, 11 de março de 2012

Mãe, só há uma ...

A professora pediu aos meninos que, no fim-de-semana, fizessem uma composição com a frase "Mãe só há uma!".
Na 2a Feira, quando os meninos apresentaram as suas composições, todos se repetiam em elogios à sua mãe, pois ela era a mais bela, a melhor, enfim, Mãe só há uma! Excepto o menino Carlinhos, cuja composição passo a descrever.
No fim-de-semana, estava eu no meu bairro podre e degradado, na minha nojenta barraca, com a porca da minha mãe, e ela na cama com um javardo qualquer, e de repente diz-me:
- Oh, Carlinhos!!! Vai buscar duas cervejas ao frigorifico, senão levas uma latada!
Eu fui a correr ao frigorifico, e quando o abri gritei:
MÃE,... SÓ HÁ UMA!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos