sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Alunos podem ficar sem refeição na escola

As refeições de milhares de alunos estão em risco de ser suspensas porque as autarquias estão sem dinheiro para pagar aos fornecedores, que, nalguns casos, não recebem há um ano, alertou a Associação Nacional de Municípios.
De acordo com o vice-presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), António José Ganhão, "há autarquias que não pagam às empresas fornecedoras há mais de um ano e há outras que ainda conseguiram pagar até Fevereiro do ano passado".
António José Ganhão acusa o Ministério da Educação e Ciência (MEC) pela situação "irresponsável" em que estão os municípios, que poderão de um dia para o outro ver o serviço de refeições "suspenso".
"O Ministério da Educação deve cerca de 60 milhões de euros às autarquias. No que toca à componente de apoio escolar, o MEC está com um atraso de um ano", recordou o vice-presidente da ANMP, classificando de "insustentável" a actual situação.
O responsável pela área da educação na ANMP lembra que "as empresas que fornecem refeições não são bancos" e alerta: "um dia destes suspendem o serviço".
António José Ganhão ressalva que existem câmaras que "estão em melhor situação do que outras, mas são uma minoria".
A agência Lusa contactou o Ministério da Educação para obter um esclarecimento quanto a esta matéria, mas tal não foi possível até ao momento.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos