sexta-feira, 28 de maio de 2010

Tribunal mantém suspensão da avaliação


O Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja manteve a decisão de suspensão da avaliação no concurso de professores, anunciou, esta sexta-feira, a FENPROF, segundo a qual ficará em causa a atempada colocação de docentes se houver novos recursos.

A Federação Nacional de Professores (FENPROF) afirma, em comunicado, que um colectivo de juízes do Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja reuniu e decidiu «manter o decretamento provisório da presente providência cautelar».

«Com esta decisão, abrem-se novos prazos de recurso, é verdade, mas a não ser dado andamento imediato ao concurso, ficará em causa a colocação de professores contratados e por destacamento a tempo de, em 01 de Setembro, se encontrarem nas escolas para iniciarem o ano escolar», considera a estrutura sindical.

Os sindicatos de professores interpuseram providências cautelares e intimações em vários tribunais administrativos para impedir que a avaliação constasse do concurso para o ano lectivo de 2010-2011, por considerarem que iria criar situações de injustiça.

Contactada pela agência Lusa, fonte do Ministério da Educação afirmou que a tutela recebeu esta sexta-feira de manhã a decisão do Tribunal de Beja, estando ainda a analisar a matéria, pelo que remeteu para mais tarde qualquer declaração sobre este assunto.

Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos