quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Alunos aprendem a respeitar direitos de autor


Os alunos dos 12 aos 18 anos vão ser desafiados a criar uma obra original no âmbito de um concurso nacional que visa sensibilizar os jovens para a importância de respeitar os direitos de autor.

O concurso, designado como o Grande C, foi criado pela Associação para a Gestão de Cópia Privada (AGECOP) e vai abranger todas as escolas do país a partir de 11 de Janeiro, segundo anunciou hoje a directora executiva da AGECOP, Vera Castanheira.

"Inicialmente tínhamos planeado lançar o projecto em 100 escolas mas já conseguimos apoios suficientes para disponibilizar um kit de lançamento em todas as 917 escolas do país, incluindo as regiões autónomas", garantiu.

Segundo explicou a directora, o Grande C visa desafiar os alunos do Ensino Secundário e do terceiro ciclo para que criem uma obra original em qualquer área à sua escolha, desde a música, ao cinema, à escrita, ao jornalismo ou ao design.

"O que está em causa é a originalidade e a protecção do trabalho", refere o site do projecto, criado para o concurso (www.grandec.org).

"O Grande C pretende esclarecer o público e em especial os jovens, convidando-os a fazer parte de um projecto em que eles próprios serão os criadores de obras protegidas, permitindo analisar o outro lado da obra, o do seu processo de criação", explica.

Os trabalhos podem ser criados individualmente ou em colaboração e concorrer a uma ou mais categorias. Entre as categorias disponíveis contam-se Música (instrumental ou canção), Letra, Design de Capa (CD/disco, DVD, livro, jogo ou revista), Vídeo (videoclip, vídeo-reportagem e curtíssima-metragem); Plano de promoção on-line (música, filme, livro ou revista), Escrita Criativa (ficção, científico, poesia ou teatro) e Media (generalista, desporto, moda, artes, viagens).

A inscrição dos alunos poderá ser feita até 5 de Março, sendo os prémios atribuídos a 18 de Junho, um dia depois do final do
ano lectivo.

"Esperamos fazer uma grande festa e, depois, durante o Verão será promovida a obra vencedora", explicou Vera Castanheira, adiantando que a obra premiada será publicada e divulgada pelos parceiros da iniciativa.

O projecto conta com o apoio de entidades como o Ministério da Educação e o Ministério da Cultura, da comissão europeia para os Assuntos dos Consumidores, da Associação de Editores e Livreiros (APEL), da Associação Portuguesa de Imprensa (API) e da Sociedade Portuguesa de Autores, SPA.


Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos