segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Agride porteiro de escola


Joaquim, 37 anos, não se recorda do momento da agressão que o deixou com o nariz e o maxilar partidos. O porteiro da escola EB 2+3 de Matosinhos foi esmurrado, com violência, na cara por um encarregado de educação, anteontem às 18h30, quando os alunos saíam da escola.

"Só o vimos no chão", contou ao CM uma aluna. O funcionário ficou estendido junto aos degraus da entrada da escola e o agressor fugiu. Segundo uma testemunha, trata-se do pai de uma aluna.

A mulher e a filha do alegado agressor, que também estavam no local, ficaram na escola. Contudo, não se conhece ainda o motivo da agressão.

Joaquim foi tratado no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, estando agora estável e a recuperar em casa. Familiares de alunos são unânimes ao descrevê-lo de "calmo e educado".

Ana Sofia Coelho

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos