sábado, 31 de outubro de 2009

Suspenso por apalpar alunas


O Conselho Executivo da Escola Básica do 2º Ciclo de Figueira de Castelo Rodrigo suspendeu um professor de Música por suspeitar de que tenha apalpado duas alunas e se tenha acariciado à sua frente.

O caso foi denunciado pela mães das duas alunas, de 11 e 12 anos, que apresentaram queixa na GNR. Lina Santos Eiras, de 35 anos, mãe de uma das vítimas, afirmou ao CM que os abusos começaram a 21 de Abril. "A minha filha foi apagar o quadro e, quando regressava ao lugar, o professor apalpou-lhe o rabo", conta a mãe que, na altura, fez queixa ao Conselho Executivo e à Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), mas "ninguém fez nada".

Há duas semanas, o professor, de 41 anos, casado, voltou ao mesmo. "Baixou as calças e mexeu nos órgãos genitais à frente da minha filha, da amiga e de duas auxiliares. Foi uma pouca-vergonha. Na aula seguinte encostou-se à minha menina e apalpou o rabo à amiga", diz Lina Eiras, avançando que a filha "tem medo dele".

Henrique Silva, vice-presidente do Conselho Executivo da escola, confirmou ao Correio da Manhã que o professor "foi suspenso e alvo de um processo disciplinar". Alguns pais pretendem o afastamento definitivo do docente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos