sexta-feira, 22 de maio de 2009

Modernização do parque escolar envolverá 200 escolas secundárias até ao final do ano

A ministra da Educação disse hoje que espera entrar em 2010 com cerca de 200 escolas secundárias, de um total de 350 em projecto, a serem intervencionadas no âmbito do Programa de Modernização do Parque Escolar.

Maria de Lurdes Rodrigues falava em Lisboa na cerimónia de assinatura dos contratos referentes aos primeiros dois concursos da Fase 2 daquele programa, cujos objectivos foram revistos para permitir a antecipação do início das obras das 75 escolas envolvidas e o lançamento imediato da Fase 3, com a selecção de mais 100 escolas a ser alvo de intervenção. 

Os contratos hoje assinados dizem respeito a seis dessas 75 escolas, um total que se junta às quatro escolas já concluídas, às 26 em obra e às 100 que já iniciaram a fase de elaboração do projecto, para perfazer as cerca de duas centenas referidas pela ministra como estando em intervenção até ao final de 2009. 

A responsável pela pasta da Educação sublinhou que estas obras são “muito exigentes” tanto para os professores, como para os órgãos de gestão das escolas, alunos e pais, mas, na sua perspectiva, “a primeira exigência é que toda a intervenção se realize não apenas com o envolvimento da escola, mas com esta em funcionamento”. 

A ministra assinalou, igualmente, que a antecipação do programa visa também responder à crise económica e combater o desemprego, na medida em que “junta o objectivo de preparar melhor as escolas ao de sustentar as dinâmicas locais económicas e de emprego para que o país possa enfrentar o problema da crise de uma outra forma”. 

A cerimónia de assinatura dos contratos, em que participou também o primeiro-ministro, José Sócrates, decorreu na Escola D. Filipa de Lencastre, que está a ser alvo de uma intervenção arquitectónica de fundo, da autoria de João Paulo Revez Conceição. A comitiva tinha visitado antes a Escola Pedro Nunes, igualmente em obras ao abrigo da Fase 1 do Programa de Modernização do Parque Escolar. 

A Fase 1, envolvendo 26 escolas, tem um investimento associado de 330 milhões de euros, a Fase 2, que abrange 75 escolas, orça em 860 milhões de euros, e a Fase 3, com 100 escolas, situa-se em 1,2 milhões de euros. 

Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos