domingo, 22 de fevereiro de 2009

22% dos alunos do básico não usam Internet nas aulas

Cerca de 22 por cento dos alunos do ensino básico afirmam que nunca utilizam a Internet na sala de aula e quando o fazem é sobretudo em Tecnologias da Informação e Comunicação e em Área de Projecto.

O estudo "Crianças e Internet: Usos e Representações, a Família e a Escola", a que a Lusa teve acesso, concluiu que "as crianças dizem usar pouco a Internet na sala de aula, na relação com a escola ou com os professores e muito raramente é introduzida no ensino de disciplinas curriculares".

Segundo um inquérito do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 22,3 por cento dos alunos dizem que "nunca" utilizam a Internet na sala de aula, 64,1 por cento "às vezes", 12,1 por cento "muitas vezes" e apenas 1,5 por cento "todos os dias ou quase".

Quando questionados sobre em que disciplinas costumam usar mais a Internet, a maioria (43,4 por cento) respondeu na aula de Tecnologias da Informação e Comunicação, seguido da Área de Projecto (28,1). Longe fica a utilização, por exemplo, nas disciplinas da área de Ciências Naturais e Sociais, com 18,1 por cento.

Durante o uso da Internet na sala de aula, 18,2 por cento dos estudantes dizem que têm um computador só para si. Separados o ensino público e o privado, estes valores são de 15,1 e 29,6 por cento, respectivamente.

Mais de 90 por cento dos inquiridos dizem ter computador em casa e 78,7 por cento têm ligação à Internet na sua residência.

Entre os oito e os 17 anos de idade, 43,4 por cento dos alunos diz ter aprendido sozinhos a utilizar a Internet, enquanto 25,5 por cento dizem ter adquirido esta competência com a ajuda dos pais.

Sobre o tipo de páginas que costumam visitar, 84,8 por cento referem endereços electrónicos de vídeos, como o YouTube, 79,6 por cento os de videojogos e 61,8 por cento sites relacionados com blogues e redes sociais, como o Hi5, MySpace ou Facebook.

As visitas a páginas relacionadas com "ciências", "serviços" e "informação geográfica" é maior quando o nível de escolaridade dos pais é "Intermédia Alta" e "Superior".

O inquérito englobou 3.039 alunos do ensino público e privado e foi realizado entre Abril e Junho do ano passado
Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos