quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Ministério duvida das assinaturas

Reunindo um total de "quase 70 mil assinaturas", a Plataforma Sindical de Professores entregou no Ministério da Educação (ME), um abaixo-assinado a exigir a suspensão da avaliação de desempenho e a revisão do Estatuto da Carreira Docente (ECD). O secretário de Estado Adjunto e da Educação, Jorge Pedreira, desvalorizou o facto, duvidando até se terão sido professores a assinar.


O porta-voz da Plataforma, Mário Nogueira, que foi quem entregou o documento, disse que "se trata de um número histórico, pois as assinaturas foram reunidas em apenas uma semana, o que mostra bem a disposição e a intenção dos professores em relação à suspensão da avaliação de desempenho e da revisão de toda a carreira docente", sublinhado que "milhares de assinaturas estão ainda a circular nas escolas".

"Se eram necessárias mais provas que comprovassem a intenção dos professores, aqui estão elas", disse o sindicalista, lamentando que a ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, "não se tivesse mostrado disponível para os receber", tendo sido recebidos por Jorge Pedreira.

No final da entrega das assinaturas, Jorge Pedreira desvalorizou os números dos sindicatos. "Qualquer pessoa pode ter preenchido o abaixo--assinado, pois apenas era solicitado o nome do ‘professor’ e o da escola. Este abaixo-assinado vale somente o que vale", referiu. Mário Nogueira, respondendo ao secretário de Estado, disse que Jorge Pedreira "não deve saber a diferença entre um abaixo--assinado e uma petição".

Estão marcadas para hoje reuniões entre os Sindicatos e o ME. No entanto, Jorge Pedreira disse que as propostas que serão apresentadas "nada têm a ver com o pedido dos Sindicatos de suspensão do modelo de avaliação e da revisão do Estatuto da Carreira Docente", as quais estão marcadas para 5 de Janeiro. Mário Nogueira garantiu que a Fenprof irá estar presente.

Joana Freire

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos