quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Miúdo foi espancado no recreio

Um miúdo de apenas sete anos foi gravemente agredido por dois colegas, na Escola Primária nº 1 do Laranjeiro, Almada, na sexta-feira. O pequeno L. M. apresenta nódoas negras em toda a cara e outras escoriações.

A mãe, Paula Vicente, contou que, por volta da hora do almoço, ao sair do refeitório, 'dois colegas o agrediram até à exaustão, devido a uma brincadeira com uma laranja'. Ontem, o filho não voltou à escola, 'nem vai voltar tão cedo'.

Depois de socorrido por uma funcionária do ATL da escola, foi levado pelo porteiro ao Hospital Garcia de Orta. 'Ligaram-me da escola a avisar, mas quando eu quis falar com a directora, Paula Cândido, disse que eram coisas que aconteciam e que não me poderia receber, porque estava de saída', explicou a mãe do menino. No hospital, disseram-lhe que deverá voltar com o filho no próximo dia 26, em jejum, para uma reconstrução cirúrgica da cana do nariz. No entanto, fonte da administração disse que o caso ainda será reavaliado durante a semana.

Ontem, a Escola Segura da PSP de Almada foi à escola 'tratar da ocorrência em acção de prevenção', segundo fonte policial. A família do L. M. está indignada, porque já não é a primeira vez que acontece um acto de violência. 'No ano passado, foram duas agressões. Não há qualquer segurança na escola nem funcionárias suficientes', denuncia a avó Cecília Fernandes.

A coordenadora da EB1 nº 1 do Laranjeiro, Paula Cândido, recusou comentar o caso. O conselho executivo da Escola Professor Ruy Luís Gomes, sede de agrupamento, encaminhou explicações para a Direcção Regional de Ensino de Lisboa e Vale do Tejo.
OUTROS CASOS

MARÇO DE 2008
Um miúdo de doze anos foi violentamente pontapeado por um jovem da mesma idade, na Escola Secundária Rainha D. Leonor. Antes, já havia sido agredido mais vezes.

MAIO DE 2008
No dia 8 de Maio, um estudante de 18 anos foi esfaqueado no ombro por um colega, no interior da Escola Secundária Matias de Aires, no Cacém. A PSP foi chamada ao local e deteve o agressor por posse de arma ilegal. Na Escola Básica do Sabugal, uns dias antes, um aluno de 14 anos ficou ferido numa mão quando um colega lhe estava a mostrar uma navalha tipo borboleta.

SETEMBRO DE 2008
Um aluno foi agredido por outro, com recurso a uma arma branca, junto de uma escola situada no concelho de Vila Franca de Xira. Depois de agredido, o jovem refugiou-se no estabelecimento. As associações de pais do concelho já protestaram para que haja mais ‘Escola Segura’ da PSP.

Tiago Esteves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos