terça-feira, 10 de junho de 2008

Alunos em contentores

Os alunos da escola Garcia da Orta, Porto, deverão ter aulas em contentores quando decorrerem as obras de requalificação da escola, mas o projecto e prazos da empreitada são ainda desconhecidos, noticia a agência Lusa.

A escola secundária Garcia da Orta foi um dos 26 estabelecimentos de ensino escolhidos para serem recuperados em 2008/2009, no âmbito do Programa de Modernização das Escolas do Ensino Secundário, aprovado em Conselho de Ministros no início do ano.

Madalena Antunes, coordenadora da Associação de Pais e Encarregados de Educação (APGO) do estabelecimento de ensino afirmou à Lusa que «a uma semana do fim do ano lectivo ainda ninguém informou nada sobre as obras».

Segundo sustentou, a grande preocupação prende-se com o facto das obras poderem começar em finais de Junho ou início de Julho, como «previsto», e quando os alunos reiniciarem as aulas, em Setembro, ser desconhecida a realidade no local.

O conselho executivo da escola já anunciou que as aulas decorreriam em contentores enquanto decorressem as obras.

«Disseram-nos que eventualmente as aulas decorrerão em contentores, que são minimamente aceitáveis, mas mais nada», acrescentou Madalena Alves.

Para a coordenadora da associação de pais, a grande questão é saber, de facto, o que vai ser feito na escola, quer em termos de remodelação dos pavilhões, cujas obras são consideradas urgentes, como no que diz respeito às turmas, se serão ou não reduzidas.

«Queremos saber o que vai ser alterado junto da vivência dos alunos, qual o plano de segurança que está previsto, qual a duração das obras e onde vão efectivamente decorrer as aulas», sustentou.

«Não saber nada torna-se complicado», disse, defendendo que «estas informações já deviam ter sido divulgadas».

Para tomar conhecimento de todo o projecto, a APGO vai enviar uma carta a reclamar esta informação à Direcção Regional de Educação do Norte (DREN).

«Fala-se na obra, mas não se vê nenhuma diligência do seu início», sublinhou Madalena Alves.

De acordo com informação oficial, o Programa de Modernização das Escolas do Ensino Secundário tem como objectivo recuperar e modernizar os edifícios escolares num processo conjugado de reposição da eficácia física, ambiental e funcional.

O programa considera a intervenção em 330 escolas até 2015 e um investimento total de 940 milhões de euros.

A Agência Lusa tentou obter esclarecimentos sobre o projecto previsto para a Secundária Garcia da Orta junto do conselho executivo da escola, que remeteu a informação para a DREN.

Por sua vez, a DREN referiu à Lusa que esses dados deveriam ser pedidos ao Parque Escolar, empresa responsável pelo programa.

A Lusa tentou até ao momento, sem sucesso, obter esclarecimentos junto do Parque Escolar, bem como do Ministério da Educação.


Iol

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos