quinta-feira, 15 de maio de 2008

Escola castiga apalpão


Cinco alunos de uma turma do 6º ano da Escola EB 2+3 de Alvor, Portimão, todos com idades na casa dos 12 anos, foram castigados depois de uma cena de apalpões ocorrida no vestiário masculino daquele estabelecimento de ensino.


A própria vítima, colega dos de mais intervenientes, também não escapou a procedimento disciplinar, uma vez que o Conselho de Turma entendeu que a mesma se encontrava "indevidamente" no local, onde entrara a convite de um rapaz (o qual também foi sancionado) para "conversar".

Para o presidente do Conselho Executivo do Agrupamento Vertical de Escolas de Alvor, Hugo Rebelo, "é necessário dar sinais claros aos alunos do que se se pode ou não fazer". Recordando haver "um regulamento interno e um estatuto do aluno que têm de ser respeitados", o mesmo responsável escusou-se a entrar em detalhes sobre a situação.

O castigo foi, contudo, considerado"excessivo"poralgumas mães, como Filomena Martins, para quem "tudo não passou de uma garotice. O meu filho, R., estava no vestiário com mais dois rapazes quando a miúda entrou, com o namoradinho. A porta fechou-se e um deles – só um – apalpou-a. O meu filho não lhe tocou mas apanhou uma suspensão de dois dias. Não acho bem que tenha sido castigado só porque estava presente e a escola considerou que ele foi conivente", disse ao CM.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos