sábado, 12 de abril de 2008

Nova confederação pais e encarregados de educação vai nascer

A ex-presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), Maria José Viseu, vai integrar a recém-criada Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE), anunciou hoje a nova estrutura. Em comunicado, os promotores da nova confederação explicam que «na origem da CNIPE está uma atitude passiva e conivente que a CONFAP tem tido ao longo dos anos em relação à tutela», que «não reflecte a opinião da maioria dos pais e encarregados de educação».Joaquim Ribeiro, presidente da Federação das Associações de Pais de Sintra, disse à agência Lusa que a principal razão para a criação da CNIPE é que os seus integrantes «não acreditam nas pessoas que estão à frente da CONFAP».«Não havia outra solução senão criar uma nova organização, que faça qualquer coisa diferente para melhor, e não esteja colada ao gabinete ministerial e que tenha mais capacidade de estar presente nas escolas como nos compete», frisou o dirigente.«A nova confederação de pais quer afirmar-se como alternativa e com uma postura mais crítica e activa em relação ao Governo, nomeadamente em relação ao estatuto do aluno e ao novo regime de gestão de escolas», lê-se na nota de imprensa.O documento acrescenta que «a CNIPE surge então como uma alternativa mais credível para defender de forma mais séria e responsável os interesses e os princípios do movimento associativo de pais em Portugal».
Destaca ainda a instabilidade da CONFAP que «está em conflito interno na Justiça há mais de uma ano, devido à controversa anulação de umas eleições pelo então líder da Assembleia-Geral, o actual presidente Albino Almeida».Os promotores da nova confederação salientam ainda, no comunicado, a gestão «duvidosa» da CONFAP das verbas transferidas pelo Ministério da Educação e o caso de um desfalque efectuado por um ex-tesoureiro.A CNIPE, que é constituída pelas Federações Regionais de Associações de Pais de Viseu, Leiria, Marinha Grande, Sintra e Lisboa, reúne a 19 de Abril, em Peniche, em Assembleia-Geral Constituinte.Segundo Joaquim Ribeiro, na reunião será aprovado o manifesto, ratificados os Estatutos e constituída uma comissão directiva, antes das eleições para os corpos sociais que deverão ocorrer depois num prazo de 60 a 90 dias.«O objectivo é tornar esta confederação mais abrangente, para que não seja uma coisa de meia dúzia de pessoas», disse o presidente da FAP de Sintra.Apesar das tentativas não foi possível obter declarações de Maria José Viseu, porta-voz do CNIPE e presidente da Federação Regional das Associações de Pais de Viseu.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos